Como desenvolver e aplicar a revolução espiritual

Como desenvolver e aplicar a revolução espiritual

Dia 28 de junho é comemorado o Dia da Revolução Espiritual. Atualmente, é cada vez mais importante encontrar tempo de olhar para dentro de si mesmo e se conectar com sua espiritualidade.

Engana-se, entretanto, quem acredita que o desenvolvimento espiritual está somente ligado à religião.

É totalmente plausível não seguir nenhuma religião e ser espiritualmente evoluído.

A questão mais significativa é conseguirmos assumir os três paradoxos da elevação espiritual. Quais sejam:

  • A auto responsabilidade, assumindo definitivamente que tudo o que acontece a sua volta e em seu modelo de mundo é responsabilidade exclusiva sua. Você é o verdadeiro responsável pelo mundo em que vive.
  • A capacidade de praticar compaixão, de fato reconhecer e exercitar a compaixão pelos seus semelhantes, reconhecendo que todos estão, em suas limitações, exercendo o seu melhor papel e nós só podemos apreciar sem julgar. Isenção de julgamento. Até porque se alguém faz alguma coisa que pode me incomodar, isso é mais meu do que do outro.
  • O servir ao próximo, tema muito discutido e complexo, aqui está o princípio da evolução do ser humano. Estar a disposição do outro, servir com a certeza que independente de qualquer coisa você está contribuindo para uma sociedade mais justa e equilibrada. Que nossas diferenças estão alicerçadas apenas em crenças diferentes, que podem mudar a qualquer instante, por isso são apenas crenças.

Vale lembrar que enquanto algumas cresças aprisionam em seus dogmas e princípios, muitas vezes causando dor e sofrimento, um espírito elevado tem ação libertadora e clarificante.

POR QUE PRECISO ME DESENVOLVER ESPIRITUALMENTE?

O que mais é visto dentro das empresas? Profissionais insatisfeitos com seus empregos, sem qualquer engajamento em seus trabalhos. Dessa forma, os serviços são feitos no “piloto automático”, com um único propósito: o retorno financeiro.

Aquele que só se satisfaz e atinge a felicidade através de bens financeiros se torna pobre de espírito, e limitar suas conquistas a objetos de valor material trará cada vez mais ansiedade, estresse e depressão.

Isso inevitavelmente culminará em um total desequilíbrio mental e físico, e pode acabar destruindo uma carreira ou até mesmo uma vida.

COMO REVOLUCIONAR A ESPIRITUALIDADE?

É essencial buscar um ofício com o qual se identifique. Mas mesmo que não se tenha conseguido o trabalho ideal, é possível se desenvolver espiritualmente, com suas motivações e atitudes coerentes e sinceras no seu cotidiano.

Uma revolução espiritual consiste em um conjunto de bons pensamentos e boas ações, entre elas a influência que se exerce no próximo. Aquele que trata as pessoas aos eu redor de uma forma positiva, por exemplo, mobilizando e tomando medidas para solucionar um problema ao invés de reclamar fazendo críticas de tudo e todos. Essa pessoa incentiva o grupo a melhorar e a se tornar cada vez mais eficiente e produtivo.

Estar a disposição para se envolver com questões pessoais de nossos semelhantes, oferecendo sua experiência, conselhos ou apenas um abraço, são atitudes simples que também reforçam o espírito da equipe.

Mas estar preparado para agir no seu ambiente e com terceiros, é fundamental buscar o autoconhecimento, estando ciente de sua posição e de seus padrões de comportamento.

Conversar com seu eu interior é fundamental para viver em acordo com o universo e com todos do seu círculo social. O sucesso, tanto pessoal quanto profissional, nunca se alcança sozinho.

O Instituto Evoluser oferece o curso de autoconhecimento através do Eneagrama Sistêmico Integral®, uma ferramenta desenvolvida inicialmente para o desenvolvimento espiritual há mais de 2 mil anos, e recentemente reeditada através de uma metodologia profunda, respeitosa e esclarecedora, que oferece de forma prática, lógica e aplicável um ganho de consciência de si e das pessoas a sua volta, dos padrões e crenças criados para nos tornar felizes e ou frustrados.  

Perfeito para apoiar o desenvolvimento de gestores e líderes, a alcançarem seus melhores aspectos e reconhecerem no time seus verdadeiros parceiros de jornada.